O que acontece com as suas redes sociais quando você morre?

Enquanto algumas pessoas não querem pensar sobre isso, outras já fazem um plano para suas vidas digitais para quando a hora da morte chegar.

ripVamos todos morrer algum dia, esta é a única certeza da vida. Apesar disso, poucas pessoas no mundo estão realmente preparadas para enfrentar a sua morte ou a morte de pessoas próximas. Mas tem quem consiga pensar abertamente sobre o assunto, e pensam em uma forma de resolver problemas simples, que estão diante de nossos olhos e que muitas vezes acabam simplesmente passando batido.

Um destes questionamentos modernos está relacionado as nossas contas nas redes sociais depois que morremos. Trata-se de uma novidade nas nossas vidas, mas que acaba tendo um peso muito importante. Vemos, por exemplo, casos de jovens que perdem a vida de forma trágica antes do esperado. Suas contas no Facebook, por exemplo, muitas vezes continuam ativas, se tornando uma espécie de fonte de peregrinação online, onde as pessoas lamentam e tornam públicos os seus sentimentos sobre o falecido.

Opções no Facebook

O Facebook, por exemplo, que atualmente é a maior rede social do mundo, recebe notificações de perfis cuja pessoa já faleceu. Existem opções disponíveis para a pessoa que deseja tornar a sua página uma espécie de memorial da sua vida, mas outras pessoas também simplesmente podem solicitar a exclusão do perfil do falecido. Este requerimento geralmente deve ser feito por um parente próximo e a rede pede alguma prova da morte da pessoa. Geralmente quando existem muitas pessoas comentando sobre isso no perfil dela a rede já leva em consideração.

Twitter

No caso do Twitter pode se tornar um pouco mais complicado. As pessoas precisam apresentar para a empresa uma certidão de óbito do perfil. Esta certidão deve ser original emitida pelo governo local. Desta forma, a empresa consegue cancelar a conta de alguém que tenha falecido.

Testamento digital

Pode parecer estranho, mas está se tornando cada vez mais comum. Hoje em dia armazenamos uma grande quantidade de informações online, sendo que algumas estão diretamente relacionadas a ganhos materiais. Por exemplo, a senha da conta no banco, do Paypal. E-mails, cartões de crédito, etc. O acesso a estas informações, juntamente com dados de acesso as redes sociais, arquivos, etc, podem ser colocados em um testamento digital, que muitos advogados já estão fazendo.

O testamento digital funciona da mesma forma que um testamento convencional, que só pode ser aberto por uma determinada pessoa que for designada somente caso o dono venha a falecer.

O que acontece com as suas redes sociais quando você morre? Dê seu voto para O que acontece com as suas redes sociais quando você morre?:
VOTE:

1 estrela2 estrelas3 estrelas4 estrelas5 estrelas (7 votos, média de: 3,43 de 5)

Loading...